“Não é bom, senhor Bolsonaro, fazer cocô em todo mundo”, alertou o cartum