Depois de 13 anos de presidência que mudaram o país, Evo Morales demite-se do cargo. Exército e polícia pressionaram nesse sentido mesmo depois de Evo ter anunciado que se iriam repetir as eleições presidenciais. Morales diz que houve um golpe.