Ao menos seis propostas foram apresentadas na Câmara dos Deputados com a previsão de usar parte dos salários dos parlamentares federais com o objetivo de injetar recursos no enfrentamento à Covid-19. Três dos projetos de decretos legislativos preveem corte de 50% nos subsídios: seriam mais de R$ 10,5 milhões ao mês com a redução temporária dos salários que sairiam dos atuais R$ 33.763,00 e seriam fixados em R$ 16.881,50. A outra metade seria direcionada para ações da Saúde contra o coronavírus,...