Conmebol confirma utilização do recurso e diz que gastos com equipe de arbitragem serão cobertos pela Fifa, e entidade sul-americana arca com o equipamento