Para o Bank of America, que espera mais um corte da Selic no mês que vem, em 75 pontos-base para 2,25% ao ano, e uma queda de 7,7% para o PIB em 2020, o dólar no Brasil custará em torno de R$ 6 no segundo trimestre. Depois, R$ 5,90 no terceiro trimestre e R$ 5,85 no último e no primeiro de 2021.